Como avaliamos a Fejuca Perfeita?

Olá, Fejuqueiros!

A nossa única intenção com este Blog é primeiramente comer uma bela Fejuca todos os sábados e contar para vocês um pouco da nossa experiência. Mas temos consciência também que feijoada, gastronomia e afins são como política, futebol e religião: todas as pessoas podem e devem ter a sua própria opinião, afinal ELA é o prato-símbolo da nossa Brasilidade e indubitavelmente a mais democrática de todas as iguarias!

Mas mesmo não sendo profissionais da gastronomia (apenas fejuqueiros como a maioria dos nossos leitores), procuramos de alguma forma padronizar as nossas avaliações, assim como é feito em sites de cervejas (para os que gostam do tema, recomendamos o http://www.brejas.com.br) e vinhos.

 

PAFEQ.jpg

Sendo assim, para que púdessemos de alguma forma tentar “isolar” as peculiaridades e fornecer aos nossos leitores uma opinião mais quantitativa, criamos o PAFEQ – Padrão FEJUCA de Qualidade, endossado inicialmente por nós (Pri e Arthur) e futuramente por todos vocês! Juntamente com o post, o PAFEQ complementa a análise e de alguma forma tangibiliza numericamente as nossas experiências.

Queremos muito que esta avaliação seja amplamente colaborativa! Não temos a pretensão de sermos os “Gurus” da Feijoada, a nossa única e genuína vontade é fomentar ainda mais a cultura fejuqueira na vida de todos nós

Como funciona o PAFEQ – Padrão FEJUCA de Qualidade?

O PAFEQ é muito simples! Veja como ele foi criado:

1) Qualificamos as notas entre 1 e 5: A Nota máxima de cada ingrediente/grupo de avaliação varia de 1 (péssimo) a 5 (ESPETACULAR!). Notas quebradas (do tipo 3,7) são válidas (apesar da Pri achar uma baita frescura…)

2) Desmembramos a Fejuca em partes: A Feijoada foi desmembrada de acordo com a típica receita da “Feijoada à Brasileira”, baseada no livro “História da Alimentação no Brasil”, de Luís da Câmara Cascudo. Separamos ela em dois grupos: FEJUCA e Guarnições. Cada grupo possui um peso na avaliação final do PAFEQ, e cada ingrediente tem o seu “padrão de qualidade”. Os grupos estão detalhados da seguinte forma:

– FEJUCA (Peso na avaliação global: 50%)

– Feijão: Caldo grosso, Grãos de tamanho médio para grande, não pode estar “aguado”. Tempero equilibrado, sem predominância de condimentos como alho, cebola e sal. Feijão de Feijoada tem que ser GORDO!

– Paio: Sem gorduras em excesso, ausência de textura “granulada”(não pode morder e ter a sensação de estar comendo paio com areia da praia), levemente salgado;

– Linguiças: Idem Paio;

– Costelinha: Tem que ser SUÍNA, deve estar bem cozida, desmanchar ao corte e na boca;

– Carne seca: Seca sim, esturricada não. Sem excesso de sal e textura macia;

– Rabo e Orelha de Porco: Bem cozidos, quantidade moderada de gordura, textura macia e sabor “untado” com o sabor global da cumbuca. São carnes pesadas e se mal-preparadas deixam o paladar ruim.

 

– Guarnições (Peso na avaliação global: 30%)

– Arroz: Soltinho (mas nem tanto). Tempero equilibrado, sem predominância dos condimentos (não pode estar carregado em alho e cebola, por exemplo);

– Torresmo e/ou Bacon: Extremamente crocantes e sequinhos. Não podem pingar óleo em hipótese alguma!

– Bisteca: Sequinha, sem gordura entremeada, feita de Lombo SUÍNO;

– Farofa e/ou Farinha de Mandioca: Se temperadas, sem predominância de algum sabor específico. Se for apenas farinha, que esteja presente. Feijoada sem farinha é igual macarrão sem queijo e namoro sem beijo!

– Couve: Cortadas bem fininhas, sem predominância do alho, crocantes, sequinhas e refogadas. Não podem estar com aspecto “envelhecido”;

– Banana à Milanesa e/ou Mandioquinha frita: Sequinhas e com camada superior crocante;

– Molho de Pimenta: Não pode ser “aguado” e não deve exagerar na picância, porém deve ter intensidade moderada, afinal é PIMENTA…



3) Avaliar Ambiente e Serviço: Acreditamos que a FEJUCA PERFEITA contém elementos “extra-campo” importantes na avaliação final. Sendo assim, damos uma olhada geral nas instalações para classificar o AMBIENTE. E se o garçom for camarada, ganha pontos no quesito SERVIÇO. Cada atributo desses (Ambiente e Serviço) contribui com 10% para a avaliação global.

 

4) Compilação das Notas: Após fazer uma avaliação pessoal de cada ingrediente, fazemos uma média aritimética simples por item e em seguida uma média dos itens para chegar na nota do Grupo. Eis um exemplo:

 

Local: Feijoada do FULANO


– Feijão:  Arthur 3,5 / Pri 4,5 = 4

– Paio:  Arthur 5 / Pri 4 = 4,5

– Linguiças: Arthur 4 / Pri 5 = 4,5

– Costelinha: Arthur 3 / Pri 3 = 3

– Carne seca: Arthur 4 / Pri 4 = 4

– Rabo e Orelha de Porco: Não disponível, era uma Fejuca Light.

– TOTAL AVALIAÇÃO DO GRUPO FEJUCA: 4 + 4,5 + 4,5 + 3 + 4 = 20/5 = 4

Supondo que seguimos o mesmo passo para o grupo “Guarnição” e a nota  ficou em 3, e as notas dos grupos “Ambiente” e  “Serviço” foram, respectivamente, 3 e 2. Teríamos como Avaliação Global o seguinte:

a. FEJUCA = 4 * 0,5 = 2,5 (o peso do grupo FEJUCA na avaliação é de 50% do total);

b. Guarnições = 3 *0,3 = 0,9 (peso de Guarnições é de 30% na avaliação total);

c. Ambiente = 3 *0,1 = 0,3 (peso de Ambiente é 10%)

d. Serviço = 2 * 0,1 = 0,2 (peso de Serviço é 10%)

AVALIAÇÃO GLOBAL PAFEQ da “Feijoada do FULANO”(a+b+c+d): 2,5 + 0,9 + 0,3 + 0,2 = 3,9


5) Aplicação do selo “PAFEQ”(em desenvolvimento): Se a avaliação total pelo método PAFEQ atingiu uma nota mínima de 3, o post será identificado com o “SELO PAFEQ” e será uma forma de endossar as nossas recomendações. Como o blog ainda é novo e nós nunca fizemos algo parecido, precisaremos “apanhar” um pouco mais para criar e implementar tal selo. Aguardem!

 

É isso, Amigos da Cumbuca! Caso tenham alguma sugestão, crítica e/ou elogio à metodologia, COMENTEM! Estaremos sempre à disposição para discutir saudavelmente, tudo em prol da FEJUCA PERFEITA (que ainda está por vir…)

 

Grande abraço a todos!

Arthur e Pri

 

 

 

 

2 Respostas para “Como avaliamos a Fejuca Perfeita?”

  1. LUIZ março 25, 2011 às 9:11 pm #

    Agradeço pela visita em meu restaurante, e estou feliz pela feijoada ser aprovada pela vossa avaliação. Vamos continuar trabalhando para que ela seja cada dia melhor.
    Gostaria tambem de parabeniza-los pelo blog. e qdo vier aqui novamente gostaria de conhece-los pessoalmente.
    Grande Abraço.
    Luiz

    • fejucaperfeita abril 20, 2011 às 8:44 pm #

      Luiz, boa tarde! Ficamos muito felizes com o seu comentário! Peço desculpas pela demora em responder pois o blog passou por algumas manutenções, mas será um prazer voltar ao seu restaurante! Um grande abraço da equipe Fejuca Perfeita!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: